quinta-feira, fevereiro 08, 2007
3 atitudes ecoconscientes.
Minha querida e antenada Andréa do "In other worlds" me convidou para postar minhas 3 atitudes ecoconscientes. A idéia é a seguinte, e começou lá com a Lúcia no "Faça a sua parte", que conheci através da Denise do "Sturm and Drang":

"Poste as 3 atitudes ecoconscientes que você praticou/pratica/pretende praticar na sua vida (ou na sua casa, no seu trabalho, no boteco, etc.) para melhorar a situação ambiental do planeta Terra."


Essas são as minhas:

- papel. Bom, eu adoro escrever. Mesmo. Gosto de ver minha letra no papel, de olhar o quanto ela mudou desde que aprendi a juntar as letrinhas. Ver me ajuda a pensar, ter na mão me mostra solidez, estrutura, validade. Adoro livros, lê-los, emprestá-los, guardá-los. Até olhar para a minha estante, os prediletos, a história com cada um.

Mas preciso pensar objetivamente no que é legal para mim e o que é melhor para a Humanidade. E não é um ato corajoso, um grande sacrifício - afinal de contas, eu também estou por aqui - e o que melhorar para o mundo melhora também para mim. Não enxergo como uma forma egoísta de pensar - egoísta é não fazer nada por acreditar que não estará aqui quando tudo ruir.

Então, aprendi a concentrar minhas informações de forma virtual, e imprimir somente o necessário. Se preciso descartar, o verso serve de rascunho. Daí tudo vai para o lixo limpo, junto com as embalagens de papelão.


- energia elétrica. Eu me policio para não deixar luz acesa sem necessidade, e aprendi a escolher roupas básicas que não precisam passar. Só acendo as luzes quando a claridade do sol me falta, e ainda assim só no local em uso. Mesmo no calor, durmo sem ventilador (não, eu não sou sádica). Tenho telas nas janelas e me aproveito da luz da lua e dos ventos eventuais.

Meus hábitos são noturnos. Eu escrevo mais à noite, talvez pela tranquilidade, mas crio com mais facilidade nesse período. Sabendo disso, procuro economizar durante o dia - por não haver necessidade de luz e para não concorrer com os doidos que ligam tudo nos horários de pico... Mas também não abuso.

Outra: assumo meus cachos e não gasto com chapinha, secador ou coisas do gênero.


- água. Desligo o chuveiro em ensaboadas, e fecho a torneira para escovar os dentes. Tento diminuir a água para a louça, e reaproveitar o que posso. Manter as coisas em ordem facilita guardar água para as coisas devidamente importantes.



3 atitudes ecoconscientes. São poucas. Mas se cada um de nós fizesse o possível com suas 3, esse mundo e o nosso futuro seriam bem diferentes.



E você? O que anda fazendo para ajudar nosso planeta?

Faça a sua parte

Passe para a frente.

Marcadores: , ,

 
postado por Aleksandra Pereira às 7:28 PM |


8 Comentários:


At quinta-feira, fevereiro 08, 2007 7:58:00 PM, Blogger Andréa N. 

Excelente! E gostei muito da parte onde vc fala do ferro de passar roupa. Eu nao tinha pensado nisso, mas eu nao uso ferro. Eu nunca passo roupa. A maioria das minhas roupas eh simples e nao amassa ou entao saio de roupa amassada mesmo; sempre acho que em alguns minutos ou horinhas desamassa sozinha, hehe. Estava ajudando o planetinha sem perceber.
E vamos seguindo em frente, fazendo a nossa parte. Beijocao.

At sexta-feira, fevereiro 09, 2007 1:29:00 AM, Anonymous denise 

Ah, ah, é mesmo semelhante! Gostei da parte de assumir os cachinhos, he he!
beijo, menina

At sábado, fevereiro 10, 2007 1:30:00 AM, Anonymous Leonardo 

é isso aí! vamos diminuir nos carbon footprint!! :)

At sábado, fevereiro 10, 2007 11:14:00 AM, Blogger Claudio Eugenio Luz 

Minha cara, se eu conseguiu embutir na cabeça de alguém mudanças de atitude em relação ao planeta já terei ganhado um pedaço do céu.

hábeijos

At sábado, fevereiro 10, 2007 1:41:00 PM, Blogger Vivien 

Eu estive pensando sobre isso, ainda mais nesses dias de calor infernal e sub-humano...

At domingo, fevereiro 11, 2007 12:28:00 AM, Blogger TARCIO VIU ASSIM 

Este comentário foi removido pelo autor.

At domingo, fevereiro 11, 2007 12:29:00 AM, Blogger TARCIO VIU ASSIM 

É importante (pelo menos pra nossa espiritualidade individual e ecológica) essa mudança de atitudes mas eu não acredito que tenhamos grandes mudanças e ações positivas para reverter ou estacionar a degradação ambiental.
-
Mais tarde teremos todos nos destruído.

At terça-feira, fevereiro 13, 2007 1:42:00 PM, Blogger Andréa N. 

Voltei auqi e vi que tu me chamou de antenada. Logo me imaginei uma libelula, hehe, uma formiga, anteninhas na cabeca, cachinhos em volta... Viajei total... Beijas.
P.S. Libelula e formiga tem antenas? Nossssssa, viajei mesmo.



LÁGRIMAS LAVADAS© 2006, por Aleksandra Pereira. All rights reserved.