segunda-feira, fevereiro 19, 2007
Bette Davis eyes
Boa lembrança, Sean!

Tava no site do Millôr quando abri sua homenagem às grandes estrelas de Hollywood do passado, como Ingrid Bergman, Lana Turner, Rita Hayworth, Katherine Hepburn, Verônica Lake, e é claro que esses tão expressivos olhos também estavam por lá:

"Apertem os cintos, porque será uma noite cheia de solavancos!"
Bette em "All about Eve"

Marcadores:

 
postado por Aleksandra Pereira às 11:00 AM |


9 Comentários:


At segunda-feira, fevereiro 19, 2007 1:32:00 PM, Anonymous Carlitos 

Ah, malvada do meu coração!

At segunda-feira, fevereiro 19, 2007 2:08:00 PM, Anonymous Isa Maria Lis 

Rá, eu falei, eu falei, ó só a Bettinha aí!

At segunda-feira, fevereiro 19, 2007 7:00:00 PM, Blogger Vivien 

Um dos meus prediletos com ela é "O que terá acontecido com Baby Jane?"..acho absolutamente genial.
Uma vez vi uma sequencia incrivel: todas as vezes que ela desceu escadas correndo, hiper, mega hollywood, né?
Super bacaba a sequencia.

At segunda-feira, fevereiro 19, 2007 7:50:00 PM, Blogger Andréa N. 

Vou te contar que eu ADORO a Bette Davis, e esse filme All About Eve eh tao bom. Nao me canso de ver. Nunca.

At terça-feira, fevereiro 20, 2007 12:21:00 AM, Blogger Sandman of the Endless 

Alek, All About Eve está aqui na minha gaveta, junto com um pá de outros filmes, para assistir...

At terça-feira, fevereiro 20, 2007 1:08:00 AM, Blogger Aleksandra Pereira 

Então, meu querido, corre já e tira o "All about Eve" da gaveta, tá perdendo um grande filme!

beijo

At quarta-feira, fevereiro 21, 2007 1:01:00 PM, Blogger Claudio Eugenio Luz 

Sempre que me lembro dela, um calafrio percorre a minha espinha.

hábeijos

At terça-feira, fevereiro 27, 2007 11:26:00 AM, Blogger Sean Hagen 

*



ora, menina dos olhos grandes, clássicos servem pra isso. pra comparar, medir, elogiar.
bela foto, essa, como todas que a indústria produzia naqueles anos.
dos filmes dela, difícil dizer quais os melhores.
mas além de A malvada, fico com Jezebel, Tudo isso e o céu também e, talvez o melhor, A carta.
aquela seqüência de abertura, com ela arregalando olhos tão grandes quanto a lua quando o luar mostra o crime que ela cometeu, ainda é um dos grandes momentos do cinema: só imagens, nada de palavras.




*

At terça-feira, fevereiro 27, 2007 12:38:00 PM, Blogger Aleksandra Pereira 

Sean,
esses dias assisti com ela um filme que não conhecia: "Uma vida roubada", de 47, onde ela faz irmãs que se apaixonam pelo mesmo homem, personagem de Glenn Ford. Mas o truque de colocá-la duplamente em cena foi tão bem feito pra época, que eu ficava pasma toda vez que as Bettes estavam juntas. E as sutilezas na composição das personalidades? A mulher era mesmo excepcional.

beijo.



LÁGRIMAS LAVADAS© 2006, por Aleksandra Pereira. All rights reserved.