sábado, novembro 19, 2005
COMPLETO TRANSTORNO

- Está fugindo de mim?
- Não.
- Não está?
- (...) Estou.
- E por quê?
- Droga! Por que ainda te desejo tanto, mesmo não querendo?
- Estou aqui, agora.
- Eu não posso. Eu também estou saindo, sentindo algo por outra pessoa...
- Quem?
- Alguém,você não o conhece...
- É o Mauro, não é?
- Como você sabe?
- Os outros te olham cobiçosos; ele não. O olhar dele é de completo transtorno.
- Não entendi.
- O olhar de um homem completamente apaixonado. Que sabe que você é dele, mas ao mesmo tempo que pode ser só por um instante. Ou te perder por qualquer coisa, e tem medo de descobrir que você nunca foi dele. Descobrir que você sempre estará pensando em outro, naquele que você realmente ama.
- Eu te desejo, não te amo.
- Ama. E disso eu tenho certeza.
- Ah é? E como?
- Pelo jeito que você me olha. Em completo transtorno.

Marcadores:

 
postado por Aleksandra Pereira às 2:15 PM |


3 Comentários:


At quarta-feira, novembro 23, 2005 9:18:00 PM, Blogger Por Todos Os Lados 

No Vertentes de Mim, para aplacar a curiosidade de alguns (sobretudo, algumAs), resolvi me mostrar um pouco mais explicitamente (calma, antes que pense bobagem, está feito o convite para aparecer por lá).

Vertentes de Mim: http://ijdlf.zip.net
Por Todos os Lados: http:portodososlados.blogspot.com

At quinta-feira, novembro 24, 2005 10:46:00 AM, Blogger Andréa N. 

Ai, que lindo, Alek. E tão verdadeiro...

At sexta-feira, novembro 25, 2005 3:19:00 PM, Anonymous Ivan 

Vertentes de Mim: http://ijdlf.zip.net
Por Todos Os Lados: http://portodososlados.blogspot.com



LÁGRIMAS LAVADAS© 2006, por Aleksandra Pereira. All rights reserved.