sábado, outubro 08, 2005
O Amor É Filme
O amor é filme, eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá quando a gente ama
Eu sei porque eu sei muito bem como a cor da manhã fica
Da felicidade, da dúvida dor de barriga
É drama, aventura, mentira, comédia romântica
O amor é filme, eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá quando a gente ama
Eu sei porque eu sei muito bem como a cor da manhã fica
Da felicidade, da dúvida dor de barriga
É drama, aventura, mentira, comédia romântica
um belo dia a gente acorda e humm
Um filme passou por a gente
E parece que ja se anunciou, o episódio 2
É quando a gente sente o amor, se abuletar na gente
Tudo acabou bem, agora é o que vem depois
O amor é filme, eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá quando a gente ama
Eu sei porque eu sei muito bem como a cor da manhã fica
Da felicidade, da dúvida dor de barriga
É drama, aventura, mentira, comédia romântica
É quando as emoções viram luz e sombras e sons movimento
E o mundo todo vira nós dois, dois corações bandidos
Enquanto uma canção de amor, persegue o sentimento
O suím da ré que sobem os créditos
O amor é filme e Deus espectador
A gente pudia ser como o pessoal do filme
Puder cortar as parte chata da vida
Puder evitar os acontecimento, num é?


(Cordel Do Fogo Encantado)

Marcadores:

 
postado por Aleksandra Pereira às 12:22 AM |


2 Comentários:


At sábado, outubro 08, 2005 7:41:00 PM, Anonymous Ivan 

Ficarei uma semana sem acessar a internet. Mas escrevi no Vertentes de Mim sobre o NBA- Nossos Blogueiros Amigos. Leia o que escrevi e, sinta-se com um convite na mão para participar.

At terça-feira, outubro 11, 2005 3:40:00 PM, Blogger Andréa N. 

Nossa, que lindo isso. To besta.



LÁGRIMAS LAVADAS© 2006, por Aleksandra Pereira. All rights reserved.