domingo, junho 05, 2005
- Ela vem aqui todos os dias. Sempre fica ali, do lado de fora. Nunca entra.
- É só abrir uma porta.
- E levar nas costas um peso de mais de 20 anos.
- Não é impossível.
- Mas também não é nada fácil.

Marcadores:

 
postado por Aleksandra Pereira às 6:11 PM |


3 Comentários:


At domingo, junho 05, 2005 10:12:00 PM, Anonymous Fernando Vasconcellos 

Olá,

só para te dizer que tenho acompanhado de pertinho a evolução do teu blog. Espero que realmente leve em frente a escritura de teu livro, do qual já adorei o título, "Singularidades Nuas". Boa sorte, e sucesso em sua vida, vou torcendo por ti por aqui.

Grande abraço,

Fernando Salles Vasconcellos

At domingo, junho 05, 2005 10:19:00 PM, Anonymous Olívia Bittencourt Corrêa 

Sasha, querida,
quanto tempo!

Recebi seu e-mail convidando para conhecer o blog, e fiquei encantada.

Estás no caminho certo.

Kisses,

Olívia

At domingo, junho 05, 2005 10:20:00 PM, Anonymous Laura Simonetti 

Lelê,

tu rala, hein amiga?

Beijos, entra lá no Marcelino, que terá uma surpresa.



LÁGRIMAS LAVADAS© 2006, por Aleksandra Pereira. All rights reserved.